O comportamento de compra de seu cliente não tem barreiras físicas. Com essa possibilidade em mente, é preciso pensar: como a estratégia de sua empresa se posiciona em relação a práticas Cross Border? Você conhece o conceito de Cross Border?

Cross Border resume uma prática cada vez mais comum de consumo. Você ou alguém que você conhece já deve ter comprado, aqui do Brasil, produtos de sites chineses ou mesmo itens da Amazon internacional, certo? Pois isso é Cross Border! O “Comércio transfronteiriço” (em uma tradução livre) é quando os consumidores fazem compras on-line com empresas localizadas em outros países e/ou jurisdições.

No post a seguir, falaremos mais sobre o Cross Border, e como a concorrência mundial tornou-se mais próxima do que nunca!

O consumidor global: a realidade do Cross Border

Assim como em toda a história do comércio, tendências surgem em resposta a hábitos de consumo. Com o uso da Internet como plataforma de vendas, isso não seria diferente.

Cross Border é uma tendência aderente ao poder de compra de seu público nesse espaço. De acordo com pesquisa realizada pela Fierce Retail, 82% dos entrevistados efetuaram uma compra no exterior.

Com tendências de oportunidades de consumo mundial em mente, é preciso, claro, toda uma estrutura preparada para esse atendimento. Esse comércio além das fronteiras físicas é sobre o que o Cross Border se trata.

Quando o consumo diário digital não se limita a fronteiras, obstáculos surgem para que a experiência do cliente seja positiva. É preciso estar atento a aspectos que vão desde questões da própria organização até a parte logística e regulatória.

A importância da experiência do cliente

Muito da viabilidade de práticas Cross Border parte de um esforço conjunto. Não basta contar somente com as ferramentas digitais. Para que sua empresa possa concorrer a nível mundial, comportamento do cliente e tecnologia devem caminhar juntas. Ou seja, toda a operação, além de complexa, deve estar orientada às necessidades de seu cliente.

Um aspecto vital em práticas Cross Border é sua constante necessidade de adaptação. Países têm diferentes leis para taxação e fiscalização, por exemplo. Somente isso já gera novos insights sobre a experiência de seu cliente internacional.

Algumas grandes lojas de varejo digital, por exemplo, reconhecem esse fator e oferecem formas de pagamento personalizadas para cada realidade. Além de leis locais e toda a estrutura jurídica, o Cross Border depende desse conhecimento sobre sistemas de pagamento preferenciais. Na Alemanha, por exemplo, apenas 30% dos clientes pagam online com cartão de crédito.

Dada essa complexidade, muitas das mudanças estruturais para a prática de Cross Border devem ser realizadas com cuidado. Um planejamento mal realizado de sua operação pode alienar ou negligenciar mercados que sustentam seu comércio eletrônico. Certifique-se de que o Cross Border, de fato, contribua para uma experiência que supere as expectativas de seu cliente.

eBook: Cliente Oculto, a ferramenta ideal para garantir a satisfação dos clientes da sua empresa

Confira, em nosso eBook, as vantagens do Cliente Oculto para a sua empresa!

Considerações finais

Conhecer as formas de exportação direta e indireta, detalhes de logística, impostos e viabilidade dos produtos comercializados é importante. Entretanto, o Cross Border não se restringe somente a expandir os processos e mercados de sua operação. É preciso pensar em como seu cliente, ao redor do mundo, se comporta em relação ao comércio em sua loja e à sua marca.

Manter-se atento a tendências de mercado ganha uma nova dimensão com o Cross Border. Por isso, torna-se prioritário ter controle sobre os diferentes canais e processos que envolvem seu negócio. Adaptar-se é fundamental.

Para manter sua empresa competitiva nesse cenário, é preciso evoluir em suas estratégias de negócio e acompanhar esses avanços trazidos pela tecnologia e demandados pela mudança no comportamento do consumidor.

Portanto, comece a mapear as informações que impactam sua empresa, gerando maior inteligência de negócio. Busque nos dados colhidos insights para melhorar a experiência de seu cliente atual e, também, para explorar novos territórios e oportunidades de mercado.


Você já conhecia o conceito de Cross Border? Seu negócio tem poder para ampliar e entrar na ampla concorrência na internet e no mercado global? Compartilhe suas dúvidas e experiências nos comentários! Até a próxima!