Com o avanço da tecnologia, o comportamento do consumidor se transforma. Cada etapa no processo de compra precisa ser ágil e facilitada. Isso inclui, claro, a experiência do cliente na hora de pagar suas compras.

Empresas que acompanham as inovações do mercado de varejo sabem a importância de oferecer uma experiência fácil e rápida na hora de seu cliente realizar seu pagamento. Por isso, soluções inovadoras estão sendo desenvolvidas com esse foco.

No cenário atual, não investir na experiência de seu cliente nos pontos de venda pode ser fatal para seu negócio. Por isso, confira, a seguir, alguns exemplos de como a experiência do cliente está indo além do convencional, na hora de passar pelo “caixa”.

eBook: Cliente Oculto - A ferramenta Ideal para melhorar a experiência do cliente

Descubra como funciona e quais os benefícios do Cliente Oculto

Pagamentos sem qualquer forma de atrito

Com o imediatismo cada vez mais presente nas relações humanas, quanto menos atrito a experiência de compra gerar, melhor para o cliente. Tirar a carteira do bolso, inserir um cartão de crédito e digitar uma senha podem ser ações que estão com os dias contados.

Serviços de pagamento por aproximação, como Apple Pay e Google Pay, prezam pela agilidade nas transações. Basta ter o cartão registrado em um dispositivo móvel e o pagamento é feito instantaneamente.

Oferecer uma experiência facilitada de pagamento na qual basta aproximar o celular pode ser um grande incentivo para o cliente contemporâneo. Um monitoramento feito pela MasterCard revelou que clientes que adotaram esse método de transação, gastaram, em média, 30% mais.

Quando se oferece uma experiência veloz para que o cliente compre seu produto, as oportunidades de fidelizá-lo são maiores. Afinal, você valoriza o tempo dele, facilitando a sua rotina.

Nesse sentido, os serviços da Apple Pay e Google Pay foram introduzidos no Brasil. Entretanto, ainda há um longo caminho entre a implementação do serviço e sua utilização estratégica no mercado nacional de varejo. Será que seu negócio está preparado para isso? Vamos pensar a respeito do caso da Amazon.

Amazon Go: a loja que extinguiu os caixas (e as filas)

A exigência, hoje, é a de que o cliente possa realizar uma compra sem se preocupar com o pagamento durante o processo de compra. Um exemplo dessa tendência é liderado pela Amazon, com sua loja conceito Amazon Go.

Na Amazon Go, o cliente realiza seu check in na loja pelo dispositivo móvel e simplesmente escolhe seus produtos. Não existem filas, nem caixas. Cada item tem uma identificação na prateleira que é automaticamente escaneada, basta pegar os produtos e sair do local.

Com informações e preferências do cliente salvas em sua conta, até mesmo o planejamento da lista de compras torna-se automatizado. Sugestões feitas pelo algoritmo da Amazon podem otimizar o processo de compra e tornar a Amazon Go altamente personalizável. Desta forma, tanto os PDV’s (offline) quanto os e-commerces, podem caminhar juntos nos meios de pagamento e na experiência oferecida.

O futuro da experiência do cliente na hora de pagar

Não se preocupar com os detalhes do pagamento faz com que a experiência de compra seja mais atraente para o consumidor. Para lojas físicas, o grande desafio está em transformar o ponto de venda em uma experiência personalizada e segmentada.

Embora as inovações foquem nesse aspecto, ainda há uma preocupação por parte do cliente com a segurança de seus dados. Portanto, é preciso garantir e informar clientes e funcionários sobre a privacidade e segurança dessas novas formas de pagamento. E, ao mesmo tempo, saber utilizar esses dados para oferecer uma experiência única no momento da compra.

Por isso, é essencial que o varejo esteja preparado para lidar com esse perfil de comportamento. Será preciso padronizar o atendimento e instruir colaboradores sobre essas novas tecnologias. E nada disso é possível sem o controle das informações.

As inovações do varejo e seu impacto em lojas físicas é algo que vem ganhando cada vez mais espaço no cenário econômico. Para algumas empresas, oferecer uma experiência diferenciada na hora de pagar pelas compras será apenas mais um item obrigatório. Já outras precisam trilhar um caminho mais longo para estabelecer uma estratégia que priorize a experiência de seu cliente.

Somente assim será possível atendê-lo da forma ideal e fidelizá-lo em um cenário no qual apenas preço e produto não são suficientes para garantir o sucesso das lojas físicas. É preciso investir em uma experiência positiva, que agregue valor para o cliente e que o incentive a deixar o conforto de sua casa e das compras online para visitar o seu PDV.

Como a experiência na hora do pagamento é gerenciada em sua empresa? Quais tecnologias poderão beneficiar o futuro de seu negócio e tornar seu cliente ainda mais satisfeito? Deixe sua mensagem nos comentários!