Vivemos atualmente em uma era na qual a informação e os dados são exponenciais. À medida em que a internet cresce, a informação domina cada uma de nossas ações. Isso significa que, para que empresas tenham sucesso, é preciso ter um pensamento que se desenvolva na mesma velocidade. A era da exponencialidade é definida pela capacidade de desempenhar o trabalho de forma 10 vezes mais rápida com investimentos menores.

Tendencias em Experiência e Atendimento ao cliente

Salim Ismail, empreendedor e embaixador mundial da Singularity University, cunhou o termo “organizações exponenciais” para empresas à frente nesse mercado. Empresas exponenciais são 10 vezes melhores, mais rápidas e de menor custo do que outras. Por sua vez, isso transforma o comportamento de compra e a expectativa do cliente. Sua empresa está pronta para essa realidade?

No artigo de hoje, você saberá mais sobre como a era da exponencialidade impacta a dinâmica das empresas. Confira quais são os fatores que fortalecem as empresas para que elas possam se organizar exponencialmente. Saiba, ainda, como o atendimento e a experiência do cliente são fatores-chave nessa era da exponencialidade!

O que tornou a era da exponencialidade possível?

Empresas exponenciais são estimuladas quando os setores econômicos permitem esse avanço, isso é possível exclusivamente pelo avanço das tecnologias. A era da exponencialidade surge com o advento dos chamados “4D’s”, identificados e apresentados por Salim Ismail. São eles:

  • Digitalização: processos e produtos passam a ser transferidos para o mundo digital. À medida em que a informação cresce de forma exponencial, a digitalização torna-se indispensável para a era da exponencialidade.
  • Disrupção: atos disruptivos tomam uma dimensão muito maior em um mundo digitalizado. Produtos e serviços que antes eram escassos passam a ser abundantes e novas oportunidades de negócios surgem. Isso pode ser visto, por exemplo, em serviços de streaming sob demanda, que representaram uma mudança no consumo de filmes.
  • Desmonetização: a disrupção faz com que o custo de serviços e operações caia. Com isso, o acesso ao consumo torna-se mais barato. Podemos ver exemplos disso em relação a conexões de internet de alta velocidade, hospedagem de servidores e diversos outros casos.
  • Democratização: o acesso a preços baixos torna o consumo democratizado. Com o acesso facilitado, produtos e serviços transformam-se e ganham com a digitalização.

 

Como o atendimento ao cliente é modificado na era da exponencialidade?

Os atributos das empresas exponenciais tornam possível a elas desempenhar melhor, mais rapidamente e sob um custo menor. A era da exponencialidade conta com novas formas de fazer com que o cliente se sinta satisfeito nesse processo, o que faz com que o comportamento de compra se modifique.

O atendimento ao cliente, nesse contexto, é beneficiado por ferramentas e inovações tecnológicas. Como vimos, os processos de digitalização e disrupção são as primeiras etapas que alavancam empresas exponenciais. Sendo assim, tendências como o machine learning, a tecnologia embarcada e o atendimento automatizado são algumas ferramentas poderosas para oferecer experiências e atendimentos excelentes.

A forma como a experiência do cliente é modificada é um processo que caminha em conjunto com a era da exponencialidade,  se trata de um processo irreversível. Empresas que insistirem em estruturas de atendimento engessadas e não integradas provavelmente terão problemas em se comunicar, atrair e reter clientes.

Considerações finais

A era da exponencialidade nada mais é do que o avanço de tecnologia e fluxo de informações. Empresas que se adaptam a isso da melhor forma estarão alinhadas com as transformações no comportamento de consumo e alinhadas com as novas exigências do mercado.

Se pensarmos em um passado recente, tecnologias disruptivas eram mais raras, pelo processo ainda vagaroso da digitalização. Nesse cenário, a invenção do cartão de crédito, por exemplo, não teve uma adoção imediata. Aos poucos ele foi ganhando mercado e a preferência do cliente.

Já na era da exponencialidade, essas ferramentas surgem e são absorvidas de forma muito mais ágil e uniforme pela população. Atualmente, é praticamente inconcebível que o cartão de crédito não seja aceito por um estabelecimento, o mesmo ocorre com o atendimento ao cliente e sua experiência. O cliente busca um preço justo, agilidade e um bom atendimento.

Empresas que não acompanham a era da exponencialidade correm o risco de perderem mercado ou mesmo de fecharem suas portas – e muito rapidamente.

Como não deixar isso acontecer?

Estimulando sua empresa a liderar seu mercado, atualizando-se para oferecer a melhor experiência possível em todos os pontos de contato com seu público e utilizando ferramentas que te auxiliarão nesse objetivo.

O que sua empresa faz para oferecer um atendimento ao cliente surpreendente na era da exponencialidade? Quais são os gaps do atendimento na sua empresa atualmente? Compartilhe sua experiência nos comentários!